MOLETON LARANJA É SÍMBOLO DE REPRESENTATIVIDADE NA WNBA
MOLETON LARANJA É SÍMBOLO DE REPRESENTATIVIDADE NA WNBA
Aug 24, 2020

MOLETON LARANJA É SÍMBOLO DE REPRESENTATIVIDADE NA WNBA

Lucy Horn FOTO: Andrew D. Bernstein, Jesse D. Garrabrant, David Sherman, David Dow, Allen Berezovsky/Getty Images

A Liga feminina de basquete americano, WNBA, começou sua temporada no último dia 25 de junho em sua bolha.


Antes mesmo da bola laranja subir, as meninas que lutam tanto por reconhecimento no basquete mundial, receberam homenagens de jogadores da NBA vestindo o moletom laranja que é marca registrada da liga feminina, em um ato solidário de respeito e apoio às mulheres do basquete.




LeBron James, Devin Booker, Chris Paul, Jason Tatum, Russell Westbrook, Trae Young, John Wall, Ja Morant, Eric Bledsoe, Bam Adebayo, Jusuf Nurkić e Meyers Leonard são algumas das estrelas que vestiram laranja e bateram no peito em defesa ao espaço feminino no esporte.


O item que é também chamado de #ORANGEHOODIE, tornou-se um movimento que mostra a iniciativa de atletas pela representatividade feminina no esporte, e finalmente centro das atenções como a peça ‘mais quente’ da bolha, apesar de não estar muito preocupada com moda.

 


Celebrar o início da temporada da WNBA é natural para os jogadores da NBA, que, afinal, são fãs de basquete como todos nós. E convenhamos, depois de meses sem esportes, quem não ficaria animado? Assim como PJ Tucker disse em uma publicação em seu Instagram: “O basquete está de volta..!”



Há não muito tempo atrás e fora do contexto bolha, outros atletas já mostravam solidariedade representando WNBA, como é o caso de Kobe Bryant, que até seus ultimos dias se dedicava ao crescimento do basquete feminino.