LOJAS FÍSICAS - UMA FUTURA AGULHA NO PALHEIRO?
LOJAS FÍSICAS - UMA FUTURA AGULHA NO PALHEIRO?
Nov 03, 2020

LOJAS FÍSICAS - UMA FUTURA AGULHA NO PALHEIRO?

Chad Anderson - Miami, FL FOTO: Jeenah Moon/Getty Images, Getty Images Sport

Se você alguma vez já passou pela ‘Prince St’ no Soho em Nova Iorque, ou até mesmo 6ª Avenida recentemente, é possível que notou algo diferente e se perguntou: 'Para onde foram todas as lojas?'


Em 2017, as vendas do comercio eletrônico digital que faturaram no mundo cerca de 1.53 trilhões de dólares, projetam um faturamento de 6.54 trilhões de dólares para 2022, atingindo uma cifra próxima a 10 trilhões de dólares - As compras online se tornaram uma das atividades mais populares em todo o mundo.



Desde 2017, a NBA e algumas das maiores lojas de varejo de esportes e calçados, têm dedicado toda sua verba de marketing no encerramento das atividades de lojas suas físicas e no aumento de seu poder presença e estratégia online.


A NBA está pronta para iniciar um novo modelo, onde suas mercadorias exclusivas existirão exclusivamente em máquinas de venda automática em aeroportos, enquanto as lojas físicas serão restritas apenas em áreas turísticas. Eles pretendem fechar gradualmente todos os locais físicos até 2025, um momento em que o varejo online representará cerca de 75% de todo o comércio.


O STREETOPIA conseguiu verificar com uma empresa de consultoria que assessora a marca NBA, e, de fato, toda a sua atenção está voltada para as vendas online.



Kate Jhaveri, diretora de marketing da liga, foi ainda mais além em uma entrevista recente da ESPN, dizendo que não apenas as lojas online são sua maior prioridade, mas também estão encorajando todos os seus parceiros do varejo a seguir o mesmo caminho para serem mais econômicos e estarem prontos para o futuro.


Ela também pôde confirmar que, durante esse ano incomum, a NBA continuou trabalhando silenciosamente em uma loja online super renovada, com um grande investimento e que deve chegar à web durante o outono de 2021.