NIKE AIR MAX E O CENÁRIO ATUAL
NIKE AIR MAX E O CENÁRIO ATUAL
Mar 22, 2021

NIKE AIR MAX E O CENÁRIO ATUAL

Victor Santo FOTO: Nike, Martha Cooper, Andrew D. Bernstein/Getty Images

Através da colaboração entre nós, do STREETOPIA, e a Artwalk, em celebração ao Dia do Air Max ou  se preferir ‘Air Max Day’, que acontece anualmente todo dia 26 de Março, preparamos durante esse mês, conteúdos especiais para eternizar um momento tão especial não só para quem é fã dos modelos Air Max, mas também pela revolução que essa tecnologia causou na indústria dos tênis esportivos.


A justificativa para as relações de consumo e tudo de mais intrínseco que compreende o querer, pode de alguma forma ser encontrada em temas muito interessantes e que serão vistos por aqui. Desde a História dos Modelos Air Max, passando pelas collabs e colorways mais icônicas, chegando na evolução e novas tecnologias e por fim as inevitáveis comparações com o cenário atual.


No que tange o mundo em que vivemos hoje, seria humanamente impossível desconsiderar a importância de determinados elementos nascidos no passado e como eles ainda influenciam massivamente novas gerações. Mas na verdade, quais seriam esses elementos?

 

 

Olha, já que o assunto é tênis, poderíamos considerar e colocar em perspectiva os aspectos culturais, que nada mais são, que uma representação de costumes e peculiaridades de uma sociedade, determinado grupo ou cultura.


Trocando em miúdos, imaginem o seguinte cenário: O ano era 1984. Michael Jordan, o melhor jogador do time de basquete da Universidade da Carolina do Norte sendo selecionado no draft pelo Chicago Bulls com um contrato razoável assinado com a Nike que contemplava não somente o tênis, mas também uma linha exclusiva de produtos. Nessa época, MJ quase assinando com uma de suas principais concorrentes, chegou exatamente em um momento que a marca precisava de um incentivo para alavancar suas vendas.


O jovem recém chegado ao Bulls que jogava com um tênis preto e vermelho e estranho para muitos, ganhou no ano seguinte a sua estreia, o primeiro “All-NBA Second Team”, brilhava no campeonato de enterradas e mostrava o porquê seria anos mais tarde considerado o maior jogador de todos os tempos. O tal tênis com o inconfundível esquema de cores, e conhecido como Nike Air Jordan 1, passou a representar o sucesso de um garoto que virou verdadeira sensação nacional e um ícone de marketing indispensável para a cultura do tênis.

 

 


O Air Jordan 1 certamente faz parte do olimpo dos tênis. Ele é o modelo que carrega a assinatura do maior jogador de basquete de todos os tempos, além disso carrega muita nostalgia sendo um clássico indispensável na coleção de muitos. Mas até que ponto essa bagagem atua na percepção das gerações seguintes? Será que elas desejam a silhueta por terem se conectado de alguma maneira com a história ou por terem sido impactadas por caminhos trilhados por estratégias de marketing através de colaborações poderosas e rentáveis? Assim como a que aconteceu com o rapper Travis Scott, que adicionou ao modelo ainda mais visibilidade se tornando um disputado e indiscutível líder de venda.

 


Além do basquete, a Nike nos anos 90 promovia uma revolução na cultura do tênis em função de seus tênis de corrida, e após a consagração da tecnologia Air no revolucionário Air Max 1, o designer Tinker Hatfield surgia com um modelo robusto, de visual ousado, alto desempenho e uma janela de ar ainda maior. Assim nascia o elegante Air Max 90.

 

 

A ênfase sem precedentes no desempenho e no estilo, dava origem à uma identidade única do tênis, com certeza um de seus elementos mais notáveis. Apesar de sua robustez para a época, o Air Max 90 era visto como uma espécie de híbrido contemplando tanto tênis de corrida como tênis de basquete, conferindo um desempenho versátil que com o passar dos anos, evoluiu para ser um dos preferidos no quesito conforto  e para se usar casualmente.

 

 

Com mais de 30 anos de história, collabs de sucesso, infinitas colorways e fiéis admiradores ao redor do mundo, o que de fato torna a silhueta ainda tão relevante e atual e figura indispensável na cultura do tênis e até popular? É isso que contribui para que sua história continue sendo contada e reescrita com o surgimento de novos modelos ou releituras como o Air Max 2090, uma nova edição do modelo original lançado em 1990 pelos seus 30 anos completados em 2020, entre tantas outras silhuetas incríveis.

 

 

Hatfield enxergava o futuro, assim como novos designers concebem seus projetos hoje para que as novas gerações o recebam, até mesmo para que tenham a possibilidade de criar uma nova relação com o produto e consequentemente uma diferente percepção, mas obviamente, nada os impede de olhar para trás, procurar pela história e aplaudi-la.


Não perca os novos lançamentos da linha Air de Max e tantas outras silhuetas em www.artwalk.com.br

Liquid2 error: Expected(200) <=> Actual(406 Not Acceptable)

Resultados encontrados

×

PRODUTOS

POSTAGENS